Sobre a EA

Sobre a EA

 
A Escola de Arquitetura, fundada em 5 de agosto de 1930, foi a primeira escola da América do Sul a nascer desvinculada das Escolas Politécnicas de Belas Artes e Filosofia. Ela tem como objetivos gerar e difundir conhecimentos científicos, tecnológicos e culturais por meio do ensino de graduação e pós-graduação, da pesquisa e da extensão em Arquitetura e Urbanismo e Design, o que a destaca como uma Instituição de referência nacional na formação de indivíduos críticos e éticos, dotados de sólida base científica e humanística e comprometidos com intervenções transformadoras na sociedade e com o desenvolvimento sustentável.

O edifício que abriga a Escola de Arquitetura da UFMG possui uma área de aproximadamente 12.000 m2 e está situado em uma das regiões mais nobres de Belo Horizonte, o bairro Savassi. É também um prédio de arquitetura notável, um dos principais exemplares da nova arquitetura modernista que se fazia no Brasil nos anos cinquenta, razão pela qual foi tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal. Durante sua vida útil, o edifício vem sofrendo reformas para atualização de sua rede elétrica e cabeamento estruturado, bem como para comportar sua crescente oferta de vagas com a criação do curso noturno de Arquitetura e Urbanismo e a criação do novo curso de Design, também noturno. A Escola conta, ainda, com uma infra-estrutura de laboratórios, biblioteca e oficinas, além do suporte técnico e administrativo necessários ao desempenho de suas atividades.

FUNDADORES DA ESCOLA DE ARQUITETURA

Affonso Barbosa Mello – Engenheiro Civil. Lecionou na Escola de Arquitetura.

Alberto Pires Amarante – Engenheiro Civil. Nasceu em 27 de janeiro de 1904, na cidade de Formiga/MG e faleceu em Belo Horizonte, em dezembro de 1989.

Aníbal Mattos – Formou-se me Belas Artes. Atuou como pintor, teatrólogo, historiador e produtor de arte. Nasceu em Vassouras/RJ, em 1889, e faleceu em Belo Horizonte, em 1969. Na Escola de Arquitetura lecionou Desenho e foi diretor por quatro vezes.

Antônio Carlos Ribeiro de Andrada Sobrinho – Engenheiro Civil. Nasceu e faleceu em Belo Horizonte. Na Escola de Arquitetura lecionou e foi seu sétimo diretor.

Dario Renault Coelho – Arquiteto.

Gil Moraes de Lemos – Engenheiro Civil.

João Kubitschek de Figueiredo – Engenheiro Civil. Na Escola de Arquitetura lecionou e retomou publicação da revista Arquitetura, Engenharia, Belas Artes, Urbanismo, Decoração, editada pelo DA. Sob sua direção, foram produzidos quatro números, entre 1946 e 1948. Foi o terceiro diretor da Escola de Arquitetura.

José Renault Coelho – Engenheiro Civil.

Leon Francisco Rodrigues Clerot – Engenheiro Civil. Nasceu em 14 de julho de 1889, em Nova Friburgo/RJ, e faleceu no dia 17 de novembro de 1967 na Paraíba. Dedicou seus estudos à área de mineralogia.

Luiz Signorelli – Arquiteto. Nasceu em Crisitina/MG, em 1896, e faleceu em Belo Horizonte, em 1964. Foi o segundo diretor da Escola de Arquitetura.

Martim Francisco Ribeiro de Andrada – Engenheiro Civil. Nasceu em Belo Horizonte. Foi o primeiro diretor da Escola de Arquitetura.

Octaviano Lapertosa – Arquiteto e construtor. Nasceu na cidade italiana de Roma, em 1889, e faleceu em Belo Horizonte, em 1944.

Octávio Penna – Engenheiro Civil. Nasceu em Juiz de Fora/MG, em 1890, e faleceu em Belo Horizonte, em 1964. Na Escola de Arquitetura lecionou e dedicou parte de seu tempo à pesquisa histórica sobre a cidade de Belo Horizonte. Foi, ainda, Prefeito interino da capital, durante dezembro de 1932 a dezembro de 1933.

Paulo Costa – Engenheiro Civil.

Paulo Krüger Corrêa Mourão – Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico e Engenheiro Químico Industrial.

Pedro Laborne Tavares – Engenheiro Civil. Foi prefeito nomeado de Belo Horizonte, entre 5 de fevereiro e 16 de agosto de 1946.

Saul Macedo – Engenheiro Civil. Lecionou na Escola de Engenharia e mais tarde na Escola de Arquitetura da Universidade de Minas Gerais.

Simão Woods de Lacerda – Engenheiro de Minas e Engenheiro Civil.

Comments are closed.