Coleção Móveis do Design

O conjunto do mobiliário da Escola de Arquitetura possui exemplares de grande importância no cenário da produção brasileira. São móveis e objetos de significativo valor histórico e de design, que podem ser classificados em cinco grupos:

Grupo 1) Período de 1930 a 1950: correspondem a móveis e objetos do período inicial da Escola de Arquitetura, adquiridos desde sua fundação e atualmente distribuídos por vários setores;

Grupo 2) Coleção Prof. Jefferson Lodi: mobiliário desenhado e produzido especialmente para integrar o novo edifício da Escola, quando de sua construção no início da década de 1950. O mobiliário apresenta um arrojado desenho típico daquele período do modernismo, tendo sido fabricado com materiais nobres, como a peroba-de-campos, o pau marfim e o couro tratado de variadas cores.

O Prof. Jefferson Lodi, um dos primeiros designers de Minas Gerais, era arquiteto e professor da Escola de Arquitetura e foi um dos fundadores da Escola de Belas Artes, cujo curso inicial de Belas Artes foi fundado e iniciado na Escola de Arquitetura, sendo posteriormente transferido para o recém-inaugurado Campus da Pampulha.

Este grupo forma o maior conjunto de mobiliário de valor da Escola, com uma variedade de peças ainda em uso e outra quantidade em situação precária, atualmente guardada no Depósito da Escola;

Grupo 3) Coleção Móveis Cimo: também formam um grupo de peças ainda em uso em diversos setores, adquiridas na década de 1960, e que representam móveis fabricados em madeiras nobres e extremamente representativos do design brasileiro naquele período;

Grupo 4) Coleção Sérgio Rodrigues: conjunto dos móveis do Gabinete do Diretor, desenhados e fabricados por esse que é considerado o primeiro designer brasileiro a adquirir projeção internacional com a poltrona ‘Mole’.

Os móveis, adquiridos na década de 1970, apresentam arrojado desenho modernista, foram fabricados em jacarandá da Bahia e revestidas em couro.

Grupo 5) Móveis Históricos do Design Internacional: coleção que vem sendo formada nos últimos anos, é especialmente representada pela Poltrona Barcelona, concebida para atuar como o trono do rei da Espanha durante a Exposição Mundial de 1929.